domingo, 21 de novembro de 2010

Ah, o amor...

As vezes penso que sou paranóica e que devia procurar um psiquiatra! Porque eu sempre tenho a impressão que estou sendo traída e que ele faz as coisas e apaga os rastros. Porque tem que ser assim?

Nós estávamos muito bem até um dia ele virar pra mim e dizer que estava gostando de outra. Perdi o chão. Lutei por ele até cansar! Terminamos e eu conheci um rapaz na net. Eu estava de viagem marcada pra conhecer o cara quando ele descobriu tudo e falou tudo pra minha familia. Ele lutou por mim, e eu desisti de viajar.

Mas, nosso amor não é como antes. O tempo todo tenho a impressão de que estou sendo usada por ele, nada mais que isso. E agora ele volta a falar com a mesma rapariga de antes. E agora ele se protege todo com senhas e códigos por todos os lados enquanto eu tenho que ser um livro aberto pra ele. Ele tem acesso livre a tudo o que é meu e isso pra se certificar que eu não vou falar com o cara de novo!

Engraçado que, pra que eu possa ver o cara, tenho que pegar um avião pra cidade dele e pagar 300 reais ou mais por isso, enquanto a rapariga mora a 20 minutos de distância, é só pegar um ônibus e pagar 2,30 reais.

Descobri que ele é um tremendo machista. Porque eu sou mulher não posso falar com ninguém, enquanto ele pode tudo.

E sabe qual é a pior parte disso tudo?

Eu não consigo deixá-lo. Eu não consigo ir embora. Eu sou viciada nele. Ele é a minha droga!